domingo, 26 de dezembro de 2010

Receita para Começar bem o ANO de 2011

 

VALORES HUMANOS 

 

Hoje na celebração da Santa missa, uma leitura me deixou pensativo e durante a explicação que o Padre fazia coloquei-me a orar, dizendo a Deus que não queria que meu ANO começa-se da maneira errada, ou do jeito em que está terminando… preste atenção na segunda leitura de hoje e veja os passos que PAULO deu para vivermos bem e melhor no mundo e com os demais!

Segunda leitura (Colossenses 3,12-21)

Irmãos: 12Vós sois amados por Deus, sois os seus santos eleitos. Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência, 13suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente, se um tiver queixa contra o outro. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai vós também.
14Mas, sobretudo, amai-vos uns aos outros, pois o amor é o vínculo da perfeição.
15Que a paz reine em vossos corações, à qual fostes chamados como membros de um só corpo. E sede agradecidos.
16Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza, habite em vós. Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria.
Do fundo dos vossos corações, cantai a Deus salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças.
17Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras, seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo. Por meio dele dai graças a Deus, o Pai.
18Esposas, sede solícitas para com vossos maridos, como convém, no Senhor.
19Maridos, amai vossas esposas e não sejais grosseiros com elas.
20Filhos, obedecei em tudo aos vossos pais, pois isso é bom e correto no Senhor. 21Pais, não intimideis os vossos filhos, para que eles não desanimem.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

valores

Segundo Paulo é fundamental viver aquilo que temos de melhor…NOSSOS VALORES, que muitas vezes, se não dizer a todo tempo está sufocada por novos conceitos e por valores deturpados, onde se priora não o ser humano mas o consumo e a desvalorização do SER como HOMEN/MULHER.

Hoje tantas coisas para essa nova geração é FALIDA, quer exemplo?

FAMILIA – INSTITUIÇÃO FALIDA

CASAMENTO – PARA O MUNDO É APENAS UMA FESTA E NÃO UM SACRAMENTO.

JOVENS – É APENAS CORPO, ESCRAVOS DE UMA MÍDIA CONSUMISTA, E AUTAMENTE SEXUAL

ENFIM…VALORES…são sustento da alma!

Valores Humanos são como fibras num pano, é preciso tecer bem para que não se rompa…A vivência dos valores alicerça o caráter, e reflete-se na conduta como uma conquista espiritual da personalidade.

Entendo que os principais sejam : honestidade, verdade, justiça, ética, disciplina, integridade, paz (auto-estima, autocontrole, autoconfiança, auto-aceitação e desapego) e amor.

Direção Espiritual Padre Fábio–Além das Aparencias

Os valores humanos são fundamentos morais e espirituais da consciência humana. Todos os seres humanos podem e devem tomar conhecimento dos valores a eles inerentes. Muito das causas que afligem a humanidade está na negação destes valores como suporte e inspiração para o desenvolvimento integral do potencial individual e consequentemente do social.

Viver os valores humanos é deixar de viver na superficialidade, viver além do que os meus olhos alcansam, é deixar de viver de aparência, mesmo que não haja aparencia bonita no seu interior está forte como a fibra de um tecido bem preparado, hoje sou convidado a tecer bem os fios de minha vida, naquilo que me sustenta como ser humano, isso é viver o Cristianismo, isso é buscar a santidade, a sabedoria a perfeição…vamos tecer bem os fios que nos sustentam e nos mantem de pé!

Um bom e Santo domingo!

A-FAMILIA-E-A-EDUCACAO-EM-VALORES-HUMANOS

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Mensagem de Natal

 

Cartão Natal

Nós da comunidade católica FILHOS DO CÉU, desejamos a todos vocês um natal cheio das bençãos de Deus, que realmente ele possa nascer em nossos corações e resgatar nossos valores mais sagrados! Que a Virgem Maria nos ensine a ser uma eterna manjedoura e distribuidor desse amor que é fruto do seu Ventre.

Feliz Natal com Jesus

We the Catholic community SONS OF HEAVEN, we wish you all aChristmas full of blessings from God, it really can be born in ourhearts and restore our most sacred values! May the Virgin Mary to teach us to be a manger and distributor of eternal love is the fruit ofyour belly.
Merry Christmas with Jesus!

André Valadão–Noite Feliz

"Estou preparando a minha árvore de Natal. "

giovanni-battista-tiepolo_natividade_1732 

"Quero que ela seja viva, mas não quero que seja exterior. Eu a quero dentro de mim. Tenho medo das exterioridades. Elas nos condenam. Ando pensando que o silêncio do interior é mais convincente que o argumento da palavra.Quero que minha árvore seja feita de silêncios. Silêncios que façam intuir felicidade, contentamento, sorrisos sinceros.Neste Natal não quero mandar cartões. Tenho medo de frases prontas. Elas representam obrigação sendo cumprida. Prefiro a gratuidade do gesto, o improviso do texto, o erro de grafia e o acerto do sentimento. A vida é mais bonita no improviso, no encontro inesperado, quando os olhares se cruzam e se encontram.Quero que minha árvore seja feita de realidades. Neste Natal quero descansar de meus inúmeros planos. Quero a simplicidade que me faça voltar às minhas origens. Não quero muitas luzes. Quero apenas o direito de encontrar o caminho do presépio para que eu não perca o menino Jesus de vista. Tenho medo de que as árvores muito iluminadas me façam esquecer o dono da festa.Não quero Papai Noel por perto. Aliás acho essa figura totalmente dispensável! Pode ficar no Pólo Norte desfrutando do seu inverno. Suas roupas vermelhas e suas barbas longas não combinam com o calor que enfrentamos nessa época do ano. Prefiro a presença dos pastores com seus presentes sinceros.Papai Noel faz muito barulho quando chega. Ele acorda o menino Jesus, o faz chorar assustado. Os pastores não. Eles chegam silenciosos. São discretos e não incomodam...Os presentes que trazem nos recordam a divindade do menino que nasceu. São presentes que nos reúnem em torno de uma felicidade única. O ouro que brilha, o incenso que perfuma o ambiente e a mirra com suas composições miraculosas.O papai Noel chega derrubando tudo. Suas renas indisciplinadas dispersam as crianças, reiram a paz dos adultos. Os brinquedos tão espalhafatosos retiram a tranquilidade da noite que deveria ser silenciosa e feliz. O grande problema é que não sabemos que a felicidade mais fecunda é aquela que acontece no silêncio.É por isso que neste Natal eu não quero muita coisa. Quero apenas o direito de recolher o pequenino menino na manjedoura... Quero acolhê-lo nos braços, cantar-lhe canções de ninar, afagar-lhe os cabelos, apertar-lhe as bochechas, trocar-lhe as fraldas para que não tenha assaduras e dizer nos seus ouvidos que ele é a razão que me faz acreditar que a noite poderá ser verdadeiramente feliz.Neste Natal eu não quero muito. Quero apenas dividir com Maria os cuidados com o pequeno menino. Quero cuidar dele por ela. Enquanto eu cuido dele, ela pode descansar um pouquinho ao lado de José. Ando desfrutando nos últimos dias o desejo mais intenso de que a vida vença a morte.Talvez seja por isso que ando desejando uma árvore invisível. O único jeito que temos de vencer a morte é descobrindo a vida nos pequenos espaços. Assim vamos fazendo a substituição. Onde existe o desespero da morte eu coloco o sorriso da vida.Façam o mesmo!Descubram a beleza que as dispersões deste tempo insistem em esconder. Fechem as suas chaminés. Visita que verdadeiramente vale à pena chega é pela porta da frente.Na noite de Natal fujam dos tumultos e dos barulhos. Descubram a felicidade silenciosa. Ela é discreta, mas existe! Eu lhes garanto!Não tenham a ilusão de que seu Natal será triste porque será pobre. Há mais beleza na pobreza verdadeira e assumida que na riqueza disfarçada e incoerente.

Maria-E-o-Menino-Jesus

O que alegra um coração humano é tão pouco que parece ser quase nada. Ousem dar o quase nada. Não dá trabalho, nem custa muito...E não se surpreendam, se com isso, a sua noite de Natal tornar-se inesquecível. "

Padre Fábio de Melo

 

"I'm preparing my Christmas tree."
"I want him alive, but do not want to be outside. I want you inside me. I fear the externals. They condemn us. I'm thinking that the silence of the interior is more convincing than the argument that my tree palavra.Quero is made of silences. Silences do intuit that happiness, joy, smiles sinceros.Neste not want to send Christmas cards. I'm afraid of set phrases. They represent obligations being fulfilled. I prefer the gesture of generosity, the improvisation of the text, spelling error and truth of feeling. Life is more beautiful in improvisation on encounter, when the eyes meet and encontram.Quero that my tree is made of realities. This Christmas I want to rest many of my plans. I want the simplicity that makes me back to my roots. I do not want too many lights. I just want the right to find the way to the crib I do not lose sight of the baby Jesus. I am afraid that the brightly lit trees make me forget I own the Santa festa.Não Noel around. Actually I think this picture totally unnecessary! at the North Pole may be enjoying their winter. His red robes and long beards do not mix with the heat we face this time of year. I prefer the presence of the shepherds with their gifts sincere. Santa Claus makes a lot of noise when it arrives. He wakes the baby Jesus, the frightened cry. Pastors are not. They go silent. They are discreet and do not bother ... the gifts they bring us remember the divinity of the child born. They are presentwe gather around a single happiness. The gold that shines, the incense that perfumes the environment and myrrh with his compositions miraculosas.O Santa Claus comes knocking everything down. His reindeer disperse unruly children, adults barrier to peace. Toys so blatant pull the tranquility of the night should be quiet and happy. The big problem is that we know that happiness is more fruitful that which occurs in Silence. why this Christmas I do not want much. I just want the right to collect the little boy in the manger ... I want to welcome you in my arms and sing him lullabies, stroking her hair, squeezing his cheeks, changing diapers for him who does not have diaper rash and tell us your ears he is the reason that makes me believe that the night will be truly feliz.Neste Christmas I do not want much. I just want to share with the care of Mary the little boy. I take care of him for it. While I take care of him, she can rest a bit on the side of Joseph in the last days I've been enjoying the strongest desire that life is to win the morte.Talvez'm wondering why an invisible tree. The only way we have to beat to death is discovering life in the smallspaces. So let's replacing. Where there is despair at the death I put the smile vida.Façam the same! Discover the beauty that the dispersions of this time insist on hiding. Close your chimney. Visit it truly is worth it arrives the door of frente.Na Christmas night of riots and escape from the noises. Discover the silent bliss. She is mild, but there, I assure you! not have the illusion that your Christmas will be sad because he will be poor. There is more beauty in assumed that real poverty and wealth in disguise and incoherent.
What a happy human heart is so little that seems to be almost nothing. Dare to take the almost nothing. Does not work or costs too much ... And do not be surprised, if this, his Christmas Eve becomes unforgettable. "

Padre Fábio de Melo

domingo, 19 de dezembro de 2010

DESVENDANDO O V.S.S. (VOU SER SANTO)

 

Projeto V.S.S
APRESENTAÇÃO DO PROJETO
=)

Como Comunidade de Aliança cremos e professamos nossa fé em Deus e na
sua ação resgatadora. Nossa vocação de Filhos do Céu nasceu do coração do
Pai para tornar este mundo e todas as pessoas mais semelhantes ao coração
do seu Filho Amado que, por meio do Espírito Santo, continua chamando-nos
para colaborar na sua ação salvadora e santificadora
. Nós louvamos e
glorificamos a Santíssima Trindade que pela força resgatadora do amor
torna-nos novas e santas criaturas.
Acolhemos o VSS como dom de Deus e como sinal evidente da confirmação
de nossa vocação de Filhos do Céu e de nosso carisma
. Deus que chamou-nos à
vida agora confia-nos a grande missão da santidade. Santidade que é vocação
primeira dos Filhos do Céu e sua última missão!
O VSS é um projeto e ideal que abraçamos e propomos.
A missão de
resgatar não é outra senão a de santificar. Com nosso generoso
consentimento permitimos a ação transformadora e santificante da graça de
Deus na vida, hoje e sempre. Deste dom somos acolhedores
e propagadores.
É obra do Espírito Santo o Projeto VSS. Que o Espírito Santo
ajude-nos a perceber na história e em nossa vida o insistente chamado à
santidade e ajude-nos a respondê-lo com audácia e amor.
Que o Senhor Jesus Cristo fixe sobre cada pessoa seu olhar de amor e
torne-as construtoras da civilização do amor e da santidade.
Ao Deus que nos ama, chama, forma, consagra e envia suplicamos
numerosos e santos Filhos do Céu para propagar ao mundo todo o dom da
santidade acolhida, vivida e testemunhada com alegria pela Comunidade de
Aliança Filhos do Céu.

 

CONTINUA…

Ricardo P.Padella – Fundador da Comunidade Filhos do Céu

Que Santidade de Vida–Monsenhor Jonas Abib

Esse post tem várias partes…em breve mais sobre esse projeto da comunidade filhos do céu que tem como ideal a SANTIDADE alias não somente como ideal mas como vida e alvo!


Dscubra você também esse grande projeto!!!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Esíritualidade

 

São João da Cruz

PRESBÍTERO, DOUTOR DA IGREJA

Nasceu em Fontiveros, em 1542.

Fez-se carmelita em Medina Del Campo, no ano de 1563. Instrumento provincial nas mãos de Teresa de Jesus, ajudou-a em sua obra desde a primeira fundação dos frades contemplativos, em Duruelo, em 28 de Novembro de 1568. Estando doente em Ubeda, “foi cantar matinas no céu”, na noite de 13 de dezembro de 1591.

É guia indiscutível nos caminhos do espírito. Célebre são suas obras: “Subida no Monte Carmelo”, “Noite escura”, “Cântico Espiritual”, chama Viva de Amor”. Pio XI conferiu-lhe o título de Doutor da Igreja Universal em 24 de agosto de 1926.

São João da Cruz é pai e mestre espiritual do Carmelo teresiano, doutor da vida cristã no seu dinamismo teologal, cantor da formosura de Deus e da beleza da criação. A sua lembrança torna-se, hoje, liturgia viva. Através do louvor divino, sua oração, sua poesia, seu canto eterno de glória tornam-se viático e oração do Carmelo peregrino aqui na terra. Sua doutrina foi uma exegese viva do Evangelho, por isso, a Palavra de Deus ilumina a sua experiência, e seus ensinamentos têm alcances inimagináveis na meditação dessa palavra.

 

Em uma noite escura
De amor em vivas ânsias inflamada
Oh! Ditosa ventura!
Saí sem ser notada,
´stando já minha casa sossegada.

Na escuridão, segura,
Pela secreta escada, disfarçada,
Oh! Ditosa ventura!
Na escuridão, velada,
´stando já minha casa sossegada.

Em noite tão ditosa,
E num segredo em que ninguém me via,
Nem eu olhava coisa alguma,
Sem outra luz nem guia
Além da que no coração me ardia.

Essa luz me guiava,
Com mais clareza que a do meio-dia
Aonde me esperava
Quem eu bem conhecia,
Em lugar onde ninguém aparecia.

Oh! noite, que me guiaste,
Oh! noite, amável mais do que a alvorada
Oh! noite, que juntaste
Amado com amada,
Amada no amado transformada!
Em meu peito florido
Que, inteiro, para ele só guardava,
Quedou-se adormecido,
E eu, terna o regalava,
E dos cedros o leque o refrescava.
Da ameia a brisa amena,
Quando eu os seus cabelos afagava,
Com sua mão serena
Em meu colo soprava,
E meus sentidos todos transportava.
Esquecida, quedei-me,
O rosto reclinado sobre o Amado;
Tudo cessou. Deixei-me,
Largando meu cuidado
Por entre as açucenas olvidado.

Frei João da Cruz

 

PAZ & BENÇÃO

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Viver a Santidade

Santidade

saint

Santidade significa: separação total a Deus, dedicação total a Deus, vem de sagrado, consagrado. Sem um coração santo não se pode viver em santidade.

Santidade é o clamor do coração de Deus para o seu povo  desde a Antigüidade até os dias de hoje.

Sede santos, porque sou santo!

(I Pe1.16)

Deus deseja uma geração que seja exclusiva para si, separada para si, consagrada para si. E esse anseio do coração de Deus se revela em toda Bíblia. É um cuidado da parte de Deus com os seus escolhidos.

Você topa esse desafio????

Santidade no dia de hoje é desafio, é ser diferente, é ser ousado e corajoso… você está disposto a seguir esse caminho de luta?

O Descanso o Escape a Cura e a recompensa vem sem demora…então aceite esse desafio e não desista nunca de lutar!!!!

Abaixo segue um video bem interessante sobre COMO VIVER A SANTIDADE segundo a sagrada escritura!

Video retirado da WEBTV CANÇÃO NOVA comentários MISSIONÁRIO DUNGA – projeto PHN

domingo, 28 de novembro de 2010

Cuidas de Mim

 

Olá, a paz a todos os que nos acompanham neste blog!

Hoje, quero escrever-lhes algo que tenho certeza que irá nos impactar e nos abrasar com o Amor de Deus!

As vezes na vida nos sentimos encurralados por todos os lados, em nosso trabalho, na escola, em casa, com nossas familias e até mesmo na igreja. Nesses momentos a primeira coisa que dizemos é: ‘’Caramba, valeu Deus por isso’’. Não digo encurralado apenas por cobranças, mas digo em todas as situações, magoas, desesperos, caminhos que vamos ao longo da vida que parecem não ter fim e  vemos apenas pedras por onde olhamos e não enxergamos a luz, mas sim os espinhos, dor e desespero!

E como é dificil trilhar por esse caminho sentindo a duvida: ‘’ DEus está comigo?’’, ‘’o que fiz para merecer isso?’’, ‘’Como sairei daqui sozinho? Pois nem DEus pode dar um jeito em minha vida!.’’

Creio que é um pensamento daqueles que se sentem só, frustados, pois esperam uma resposta de DEus para suas vidas mas não tem um respaldo do mesmo imediatamente!

O problema está em que queremos logo o que pedimos, ou nos encontramos tão desesperados que queremos logo o agir de DEus na nossa vida de maneira sobrenatural que não temos paciência de esperar o tempo favorável e nem percebemos o agir dele no secreto e no invisivél do tempo!

“Elevo os olhos para os montes: de onde virá o meu socorro?

O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra.

Ele não permitirá que os teus pés vacilem; não cochilará aquele que te guarda.

É certo que não cochila nem dorme o guarda de Israel.

O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita.

De dia não te molestará o sol, nem de noite a lua.

O Senhor te guardará de todo mal; guardará a tua alma.

O Senhor guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre”

(Sl 121)

Deus cuida de mim, cuida de vocÊ, mesmo que não percebamos, Ele age e opera em nós com seus milagres, com os seus PEQUENOS milagres. Aos nossos olhos pequenos, mas na essência GRANDE, e EFICAZ, nunca a demora de Deus é só, ela sempre vem acompanhada do pequeno e eficaz milagre, que no instante que pedimos é semeado em nossa vida e no decorrer do tempo é regado e adubado por Deus!

Ou seja o tempo de espera em Deus é simplismete o tempo em que Deus está regando e adubando a semente do milagre!

É horrivél comer uma fruta verde não é?

Então se você está saboreando em sua vida milagres verdes é proque não está sabendo esperar o tempo de amadurecimento e o tempo da colheita…espere!!! não é fácil…é duro estar com fome e saber que tem comida mas não pode saborea-la!

Não é assim na vespera do natal?

Aquele monte de comida sendo preparado desde a manhã, aquele cheiro de peru, Chester, Panetone…enfim…alí na sua frente mas vc não pode tocar até todos estarem reunidos na noite da vespera depois da missa, para juntos comerem e festejarem!!! Que sacrificio!!!!!!!

Mas a espera é recompensadora…é tão bom ver a fámilia reunida e feliz celebrando Cristo menino!

Usando essa comparação quero dizer…que é doído, é sacrificante a espera mas é recompensador o fruto, o pagamento!!!

Deus tem um tempo perfeito, neste tempo sem parar ele cuida de nós!

Ele cuida de vocÊ.

Não se desespere Deus está no comando, Ele cuida de vocÊ.

Um abraço e uma semana abençoada!!!!!!

Luiz

cuidado-de-deus

sábado, 20 de novembro de 2010

Cristo é o único Rei

Cristo Rei

Neste fim de semana a igreja celebra CRISTO REI, por isso posto agora um video com o PADRE REGINALDO MANZOTTI cantando PODES REINAR!

Assista e junto com ele declaremos o Senhorio de Jesus em nossas vidas!

Solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo

A celebração da Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, fecha o Ano Litúrgico onde meditamos, sobretudo no mistério de sua vida, sua pregação e o anúncio do Reino de Deus.

Durante o anúncio do Reino, Jesus nos mostra o que este significa para nós como Salvação, Revelação e Reconciliação ante a mentira mortal do pecado que existe no mundo. Jesus responde ao Pilatos quando pergunta se na verdade Ele é o Rei dos judeus: "Meu Reino não é deste mundo. Se meu Reino fosse deste mundo, meus súditos teriam combatido para que não fosse entregue aos judeus. Mas meu Reino não é daqui" (Jo 18, 36). Jesus não é o Rei de um mundo de medo, mentira e pecado, Ele é o Rei do Reino de Deus que traz e ao que nos conduz.

Cristo Rei anuncia a Verdade e essa Verdade é a luz que ilumina o caminho amoroso que Ele traçou, com sua Via Crucis, para o Reino de Deus. "Tu o dizes: eu sou rei. Para isso nasci e para isto vim ao mundo: para dar testemunho da verdade. Quem é da verdade escuta minha voz." (Jo 18, 37) Jesus nos revela sua missão reconciliadora de anunciar a verdade ante o engano do pecado. Assim como o demônio tentou Eva com enganos e mentiras para que fora desterrada, agora Deus mesmo se faz homem e devolve à humanidade a possibilidade de retornar ao Reino, quando qual cordeiro se sacrifica amorosamente na cruz.

Esta festa celebra Cristo como o Rei bondoso e singelo que como pastor guia a sua Igreja peregrina para o Reino Celestial e lhe outorga a comunhão com este Reino para que possa transformar o mundo no qual peregrina.

A possibilidade de alcançar o Reino de Deus foi estabelecida por Jesus Cristo, ao nos deixar o Espírito Santo que nos concede as graças necessárias para obter a Santidade e transformar o mundo no amor. Essa é a missão que lhe deixou Jesus à Igreja ao estabelecer seu Reino.

Pode-se pensar que somente se chegará ao Reino de Deus após passar pela morte mas a verdade é que o Reino já está instalado no mundo através da Igreja que peregrina ao Reino Celestial. Justamente com a obra de Jesus Cristo, as duas realidades da Igreja -peregrina e celestial- enlaçam-se de maneira definitiva, e assim se fortalece a peregrinação com a oração dos peregrinos e a graça que recebem por meio dos sacramentos. "Quem é da verdade escuta minha voz."(Jo 18, 37) Todos os que se encontram com o Senhor, escutam seu chamado à Santidade e empreendem esse caminho se convertem em membros do Reino de Deus.

"Por eles eu rogo; não rogo pelo mundo, mas pelos que me deste, porque são teus, e tudo o que é meu é teu e tudo o que é teu é meu, e neles sou glorificado. Já não estou no mundo; mas eles permanecem no mundo e eu volto para ti. Pai santo guarda-os em teu nome que me deste, para que sejam um como nós. Não peço que os tires do mundo, mas que os guarde do Maligno. Eles não são do mundo como eu não sou do mundo. Santifica-os na verdade; a tua palavra é verdade." (Jo 17, 9-11.15-17)

Esta é a oração que recita Jesus antes de ser entregue e manifesta seu desejo de que o Pai nos guarde e proteja. Nesta oração cheia de amor para nós, Jesus pede ao Pai para que cheguemos à vida divina pela qual se sacrificou: "Pai santo, cuida em seu nome aos que me deste, para que sejam um como nós". E pede que apesar de estar no mundo vivamos sob a luz da verdade da Palavra de Deus.

Assim Jesus Cristo é o Rei e o Pastor do Reino de Deus, que nos tirando das trevas, nos guia e cuida em nosso caminho para a comunhão plena com Deus Amor.

 

Pra finalizar esse post de hoje nada melhor que disponibilizar uma música, essa que acabamos de cantar com o Padre REginaldo Manzotti, ele faz um dueto com o cantor católico EUGENIO JORGE!

Cd a Tempestade Vai Passar

CD: A TEMPESTADE VAI PASSAR

CANTOR: PADRE REGINALDO MANZOTTI

LOCAL DO DONWLOAD: 4SHARED

 

botão jsm download

sábado, 13 de novembro de 2010

Oração



Salmo 91
Tu que habitas sob a proteção do Altíssimo, que moras à sombra do Onipotente,
dize ao Senhor: Sois meu refúgio e minha cidadela, meu Deus, em que eu confio.
É ele quem te livrará do laço do caçador, e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com suas plumas, sob suas asas encontrarás refúgio. Sua fidelidade te será um escudo de proteção.
Tu não temerás os terrores noturnos, nem a flecha que voa à luz do dia,
nem a peste que se propaga nas trevas, nem o mal que grassa ao meio-dia.
Caiam mil homens à tua esquerda e dez mil à tua direita, tu não serás atingido.
Porém verás com teus próprios olhos, contemplarás o castigo dos pecadores,
porque o Senhor é teu refúgio. Escolheste, por asilo, o Altíssimo.
Nenhum mal te atingirá, nenhum flagelo chegará à tua tenda,
porque aos seus anjos ele mandou que te guardem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão em suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra.
Sobre serpente e víbora andarás, calcarás aos pés o leão e o dragão.
Pois que se uniu a mim, eu o livrarei; e o protegerei, pois conhece o meu nome.
Quando me invocar, eu o atenderei; na tribulação estarei com ele. Hei de livrá-lo e o cobrirei de glória.
Será favorecido de longos dias, e mostrar-lhe-ei a minha salvação.
Um Bom Fim de Semana nos braços do Valente Deus, Jesus o Libertador! e um feriado vivendo na Santidade!

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

FAMÍLIA



FAMÍLIA, FONTE DE SANTIDADE

Deus nos criou para vivermos em família, como Ele mesmo é uma Família, Três Pessoas distintas em uma única natureza. Quando o Catecismo fala da família, começa dizendo que: Jesus, ao vir ao mundo, não precisava necessariamente viver em uma família, mas Ele assim o quis, para deixar-nos o seu exemplo e ensinamento sobre a nobreza e santidade da família. Quis ter uma mãe e um pai (adotivo), e foi obediente e submisso a eles (cf Lc 2,51). Jesus não precisava ter um pai terreno, já que o Seu Pai é o próprio Deus. Mas Ele quis ter um pai adotivo, legal, como chamavam os judeus. Quando José quis abandonar Maria, em silêncio, para não difamá-la, Deus mandou o Anjo dizer-lhe: “José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois, o que nela foi concebido veio do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho a quem tu porás o nome de Jesus”  (Mt 1,20-21). É como se Deus dissesse a José: eu preciso de você, eu quero você para ser o pai diligente da sagrada Família. Os pais geram os filhos, mais aqui é o Filho quem escolhe o seu pai.

A Família de Nazaré nos dá uma lição de vida familiar. Como disse Paulo VI: “Que Nazaré nos ensine o que é família, sua comunhão de amor, sua beleza austera e simples, seu cárater sagrado e inviolável…  Uma lição de trabalho…” (05/01/64). A família é uma escola de virtude e de santidade para todos. Vivendo na família de Nazaré, Jesus nos ensinou a importância da submissão e obediência dos filhos aos pais. Ele, mesmo sendo Deus, se fez obediente àqueles que Ele mesmo criou e escolheu para seus pais. Cumpriu em tudo o quarto mandamento que manda “honrar” os pais. Mais do que ninguém obedeceu à Palavra de Deus que diz:
“Quem honra sua mãe é semelhante àquele que acumula um tesouro”. “Quem teme o Senhor honra pai e mãe” (Eclo 3).
É porque a família é hoje tão ofendida pelas pragas da imoralidade, que a sociedade paga um alto preço social: jovens deliquentes, crianças abandonadas, pais separados, homens e mulheres frustrados, tanta violência, tanto crime, tanta morte…
Essas pobres crianças e jovens desorientados, que vivem pelas ruas, perdendo-se nas drogas, no crime, na violência, na homossexualidade e nas bebidas, etc., apenas estão buscando com isso um pouco de calor humano, afeto, que deveriam ter recebido em suas famílias, e não receberam.
O Catecismo diz que a família “é a sociedade natural onde o homem e a mulher são chamados ao dom de si no amor e no dom da vida. A família é a comunidade na qual, desde a infância, se podem assimilar os valores morais, em que se pode começar a honrar a Deus e a usar corretamente a liberdade. A vida em família é iniciação para a vida em sociedade”  (nº 2207).
“É no seio da família que os pais são para os filhos, pela palavra e pelo exemplo… os primeiros mestres da fé”, ensina a Igreja (LG, 11). “É na família que se exerce de modo privilegiado o sacerdócio batismal do pai de família, da mãe, dos filhos, de todos os membros da família, na recepção dos sacramentos, na oração e na ação de graças, no testemunho de uma vida santa, na abnegação e na caridade ativa. O lar é assim a primeira escola de vida cristã e uma escola de enriquecimento humano. É ai que se aprende a fadiga e a alegria do trabalho, o amor fraterno, o perdão generoso e mesmo reiterado, e sobretudo o culto divino pela oração e oferenda de sua vida” (Cat. § 1657).
Essas palavras do Catecismo mostram que o lar é a escola das virtudes humanas; logo, lugar de santificação. Para os pais, a vida conjugal é uma oportunidade riquíssima de santificação, na medida em que, a todo instante, precisam lutar contra o próprio egoísmo, soberba, orgulho, desejo de dominação, etc., para se tornar, com o outro, aquilo que é o sentido do matrimônio: “uma só carne”, uma só vida, sem divisões, mentiras, fingimentos, tapeações, birras, azedumes, mau-humor, reclamações, lamúrias, etc.
A luta diária e constante para ser “exemplo para os filhos”, para manter a fidelidade ao outro, para “vencer-se a si mesmo”, a fim de se construir um lar maduro e santo, faz com que caminhemos para a na nossa santificação. O amor do casal é o sinal e o símbolo do amor de Deus à humanidade, e amor de Cristo à Igreja (cf. Ef 5,21s). Ao se por a caminho para conquistar “esse amor”, o casal se santifica.
A busca da unidade profunda como a do “café com o leite”, o desafio de “construir o outro”, alguém querido, a solução conjunta de todos os problemas, o diálogo frequente e amoroso, o respeito mútuo, enfim, a busca da maturidade essencial para a vida a dois, tudo isso santifica o casal. Além do mais, o conhecimento profundo do “mistério do outro”, a luta para aceitá-lo e entendê-lo, para ajudá-lo a crescer, a paciência, o perdão dado, as renúncias de cada dia, a atenção com  o outro para vencer a frieza e a monotonia, o cuidado do lar, da roupa, da comida, do estudo dos filhos, etc., tudo isso concorre para que os pais se santifiquem mutuamente. Deus quis assim, e fez do casamento uma grande escola de santidade. O casal que quiser atingir a perfeição matrimonial, como é o desígnio de Deus, naturalmente chegará à santidade. A casa é para o casal e os filhos, o que o mosteiro é para o monge.
A luta que travamos conosco mesmo para aceitar e suportar os defeitos do outro, a cada dia, com paciência e compreensão, faz-nos santos. As cruzes do lar, o desemprego, as doenças, as dúvidas, os vícios do cônjuge, a dificuldade com os parentes, a preocupação com os problemas dos filhos, etc., tudo isso, torna-se no casamento como que o “fogo” que queima as ervas daninhas de nossa alma e nos encaminha para a perfeição cristã.
É preciso saber aproveitar toda e qualquer dificuldade do lar para fazer dela um degrau de crescimento na fé e no amor a Deus, pois “tudo concorre para o bem dos que amam a Deus” (Rom 8,28).
Por outro lado, a enorme tarefa que Deus confia aos pais, na geração e na educação dos filhos, o exercício dessa missão sagrada coopera para a santificação deles. O Catecismo diz que:
“O papel dos pais na educação dos filhos é tão importante que é quase impossível substituí-los”. E que:“O direito e o dever de educação são primordiais e inalienáveis para os pais” (nº 2221; FC 36). Para cumprir com responsabilidade essa sagrada missão, os pais devem criar um lar tranquilo para os filhos, onde se cultive a ternura, o perdão, o respeito, a fidelidade e o serviço desinteressado. Aí deve ser cultivado a abnegação, o reto juízo, o domínio de si, para que haja verdadeira liberdade.
Diz o livro do Eclesiástico: “Aquele que ama o filho castiga-o com frequência; aquele que educa o seu fiho terá motivo de satisfação” (Eclo 30, 1-2). Esse “castiga-o com frequência” deve ser entendido como “corrige-o com frequência”. Mas São Paulo lembra que os pais não podem humilhar e magoar os filhos ao corrigí-los: “E vós, pais, não deis a vossos filhos motivo de revolta contra vós, mas criai-os na disciplina e na correção do Senhor” (Ef 6,4).
É claro que esse equilíbrio e dedicação que é exigido dos pais para educar bem os filhos, é motivo também de crescimento para os próprios pais. E é bom lembrar aos pais que saber reconhecer diante dos filhos, os próprios defeitos, não é humilhação e sim coerência, e isto facilita guiá-los e corrigi-los, como ensina o próprio Catecismo (nº 2223).
“Os filhos, diz o Catecismo, por sua vez, contribuem para o crescimento de seus pais em santidade. Todos e cada um se darão generosamente e sem se cansarem o perdão mútuo exigido pelas ofensas, as rixas, as injustiças e os abandonos. Sugere-o a mútua afeição. Exige-o a caridade de Cristo” (§ 2227; Mt 18,21-22).
Para os filhos, o dever de honrar os pais, estabelece um verdadeiro programa de santificação. Lembra a Palavra de Deus aos filhos: “Honra teu pai de todo o coração e não esqueças as dores de tua mãe. Lembra-te que fostes gerado por eles. O que lhes darás pelo que te deram?  (Eclo 7,27-28).
Um filho sábio escuta a disciplina do pai e o zombador não escuta a reprimenda” (Pr 13,1). “Filhos, obedecei em tudo a vossos pais, pois isso é agradável ao Senhor” (Cl 3,20; Ef 6,1).
“Aquele que respeita o pai obtém o perdão dos pecados, o que honra a sua mãe é como quem ajunta um tesouro. Aquele que respeita o pai encontrará alegria nos filhos e no dia de sua oração será atendido” (Eclo 3,2-6).  “Honra teu pai por teus atos, tuas palavras, tua paciência, a fim de que ele te dê a sua benção, e que esta permaneça em ti até o último dia da tua vida.”
A benção paterna fortalece a casa de seus filhos; a maldição de uma mãe a arrasa até os alicerces” (9-11). Um filho abençoado pelos pais é um filho abençoado pelo próprio Deus, porque “a paternidade humana tem a sua fonte na paternidade divina” (CIC nº 2214).  Vemos assim que Deus estabeleceu a família como o meio privilegiado para a nossa salvação e santificação, tanto dos pais quanto dos filhos.

Prof.: Felipe Aquino

sábado, 23 de outubro de 2010

Carta de Deus pra você!

Carta de Deus para você



As palavras que você está prestes a ler são verdadeiras. Elas vão mudar a sua vida, se você as deixar. Porque elas vêm do próprio coração Deus. Ele te ama. E Ele é o Pai que você vem buscando por toda a sua vida. Esta é Sua carta de amor para você:



Meu filho...

Você talvez não Me conheça... (Sl 139:1)

Mas Eu sei tudo sobre você.

Eu sei quando se senta e quando se levanta (Sl 139:2)

Eu conheço todos os seus caminhos (Sl 139:3)

E até cada um dos fios dos seus cabelos são contados por Mim (Mt 10:29-31)

Porque você foi criado à Minha imagem... (Gn 1:26-27)

Em Mim, você vive, anda e existe (At 17:28)

Pois você é Minha continuidade

Eu já lhe conhecia mesmo antes de você ser concebido (Jr 1:4-5)

**Porque Eu escolhi você quando planejava a criação... (Ef 1:4)

Você não é um erro

Porque todos os seus dias estão escritos em Meu livro (Sl 139:14-16)

Eu determinei o momento exato do seu nascimento

E onde viveria (At 17:26)

Você foi feito de uma forma admirável e maravilhosa (Sl 139:14)

Eu o criei e cuidei no ventre de sua mãe (Sl 139:13)

E o tirei do ventre no dia em que você nasceu (Sl 71:6)

Eu tenho sido mal representado por aqueles que não Me conhecem (Jo 8:41-44)

Mas não Estou ausente ou zangado (I Jo 4:16)

pois sou a expressão completa de amor

E é Meu desejo derramar todo o Meu amor em você (I Jo 3:1)

simplesmente porque você é Meu filho e Eu Sou seu pai.

Eu ofereço a você mais do que seu pai terrestre poderia oferecer (Mt 7:11)

porque Eu Sou o Pai perfeito... (Mt 5:48)

Cada graça que você recebe vem de Minhas mãos, pois Eu sou seu provedor e supro todas as suas necessidades (Mt 6:31-33)

*Meu plano para o seu futuro tem sido sempre cheio de esperança (Jr 31:17; Cl 1:5,27)

Porque Eu te amo com um amor eterno (Jr 31:3)

Meus pensamentos sobre você são incontáveis como a areia na praia (Sl 139:17-18)

*E Eu me regozijo sobre você com cânticos (Jr 3:17)

Eu nunca vou parar de fazer o bem para você (Jr 32:40)

Porque você é Meu tesouro mais precioso (Ex 19:5)

Eu desejo te estabelecer com todo Meu coração e toda Minha alma (Jr 32:41)

E quero te mostrar coisas incríveis e maravilhosas (Jr 33:3)

Se você Me buscar com todo o seu coração, você Me encontrará. (Jr29:13)

Se deleite em Mim e Eu darei a você os desejos do seu coração (Sl 37:4)

pois fui Eu quem colocou esses desejos em você (Fp 2:13)

Eu Sou capaz de fazer mais por você do que podes imaginar (Ef 3:20) pois

Eu Sou o seu maior encorajador (2Ts 2:16-17)

Sou também o Pai que conforta você em todas as suas dificuldades (2Co 1:3)

Quando seu coração está partido Eu estou perto de você (Sl 119:28)

Como um pastor carrega um cordeiro (Is 40:11)



Eu carrego você perto do Meu coração.

Um dia Eu enxugarei todas as lagrimas dos seus olhos (Ap21:3-4) e

Afastarei de você toda a dor que tenha sofrido nesta terra...

Eu Sou o seu Pai (Jo 1:12-13) e

Eu amo você assim como ao Meu Filho Jesus. Pois em Jesus,

Meu amor por você é revelado (Jo 17:22-26)

Ele é a representação exata do que Sou (Hb 1:3)

Ele veio para demonstrar que Eu estou contigo, e não contra ti (Jo 3:17)

e também para dizer a você que Eu não estou contando os seus pecados

Jesus morreu para que você e Eu pudéssemos nos reconciliar.

Sua morte foi a expressão suprema do Meu amor por você (Jo 3:16)

Eu desisti de tudo que amava para que pudesse ganhar o seu amor e,

se você receber a Palavra do Meu Filho Jesus, você irá Me receber!

E nada poderá separar você do Meu amor outra vez...

Venha para casa e Eu vou fazer a maior festa que o céu já viu (Lc 15:7)

Eu sempre fui um Pai e sempre serei Pai...

A Minha pergunta é: você quer ser Meu filho? (Jo 1:12-13)

Eu estou esperando por você... (Lc 15:20-24)



*Ame o seu Pai, o Deus todo poderoso!



*Desfrute deste Deus maravilhoso diariamente, pois é este o Seu anelo: que permaneçamos em Sua presença!



Jesus Cristo é o nosso Senhor!





Queridos filhos do céu... um bom dia a todos, e que o Senhor nos cumule de todas as bençãos espirituais!

domingo, 17 de outubro de 2010

São José - Espiritualidade


A Tradição Católica, desde a antiguidade cristã, sempre prestou um culto reverencial à São José, esposo de Maria e patrono universal da Igreja.
Por vontade divina a figura de José sempre esteve associada à de Maria e de Jesus. Por ser da ‘casa de Davi’, deu a Jesus a descendência e a continuidade da realeza e a realização das promessas feitas outrora por Deus. Sendo assim vemos José como o homem da história, o homem escolhido pelo Pai, o homem que permitiu que a vontade de Deus realizasse não somente em sua vida, mas no mundo. A fiel colaboração e participação de José contribuíram para a salvação e o resgate do mundo. Por isso São José é o padroeiro do resgate e por ser esposo de Maria tornou-se o pai do Resgatador. São José é o padroeiro de toda ação resgatadora dos Filhos do Céu.
Servo fiel e prudente a quem Deus confiou sua família e as primícias da Igreja, São José colaborou diretamente para o resgate do mundo ao aceitar Maria e o fruto do seu ventre, Jesus, o Salvador.
São José é o exemplo do homem que cresceu na fé ao permitir que a vontade de Deus, já em andamento na vida de sua amada Maria, fosse definitivamente a sua vontade pessoal pela qual zelou e destacou. São José foi o homem que fez a passagem, a travessia do receio à confiança e à superação do medo: “Enquanto assim pensava, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo" (Mt 1,20), da insegurança à esperança de ver e contemplar a realização das promessas de Deus. Junto a Maria participou das dores e alegrias de Jesus.
Jesus, o esperado pelo povo e o prometido pelos profetas, foi o grande prêmio de São José. Ele teve a graça de ter Jesus entre seus braços e a graça de abraçá-Lo definitivamente e por toda a eternidade. Juntamente com Maria, teve a graça de contemplar por primeiro o Resgatador do mundo nascido em Belém, a realização das promessas de Deus. São Bernardino de Sena dizia sobre São José: “Ele foi escolhido pelo Pai eterno para ser o guarda fiel e providente dos seus maiores tesouros: o Filho de Deus e a Virgem Maria”. Como foi zeloso guardador dos tesouros dos céus, são José é hoje o zeloso guardador dos Filhos do Céu.
Soa José é um homem do silêncio e muito pouco aparece na Bíblia; as citações que dizem de São José estão totalmente em função de Jesus. A figura de São José está intimamente ligada à de Jesus, como deve ser o consagrado Filho do Céu. Em silêncio São José sempre respeitou o mistério, e por esta sua virtude, foi associado ao mistério do resgate do mundo.
São José está intimamente ligado à Igreja que nasceu com Jesus e por esta associação ele é o protetor e padroeiro de nossa Igreja Católica, por seu trabalho, o padroeiro dos trabalhadores, por sua esposa e fidelidade, o protetor das famílias, por sua obediência a Deus e docilidade ao Espírito Santo, o padroeiro dos Filhos do Céu.
Ao contemplarmos a figura de São José constatamos que hoje Deus precisa de Filhos do Céu como São José: consagrados que vivam a fé, a santidade, a abertura ao plano de Deus, a obediência, a pureza, a justiça, a missão para tornar Jesus mais conhecido, amado e adorado. Na vida e de São José realizou-se o que o apóstolo Paulo proclamou: “Tudo o que fizerdes, fazei-o de coração, como para o Senhor e não para os homens” (Cl 3,23), por isso no final de sua vida ouviu do próprio Criador: “Servo bom e fiel! Vem participar da alegria do teu Senhor” (Mt 25,21).
O homem do trabalho, do silêncio, da fidelidade e da família intercede, juntamente com Maria, por todos os Filhos do Céu e por todos os pobres e sofredores, de modo particular pela Igreja e pelas famílias, pela nossa missão de resgatar a dignidade dos filhos de Deus. Para nós a sua vida virtuosa é uma escola de santidade para os Filhos do Céu.
São José é o modelo de serviço, de dedicação e colaboração preciosa para a implantação do reino. Sempre em silêncio, não poupou esforços em fazer a vontade de Deus por um espírito e prática de obediência. Nisto consiste a beleza de São José, uma beleza virtuosa e exemplar para os Filhos do Céu.
Por fim, em São José constatamos um ‘sim’ que resgata, um silêncio que resgata, um trabalho que resgata, uma obediência que resgata, um espírito de oração que resgata, uma simplicidade e discrição que resgatam.
Sob a proteção de São José confiemos nossa comunidade de aliança, nossas famílias, nossas vocações e nossa grande missão de Filhos do Céu.





fonte: Ricardo Padella fdc, fundador da comunidade Filhos do Céu.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

QUER NOS CONHECER???

MEUS AMADOS

POSTO COM EXCLUSIVIDADE UM VIDEO QUE CONTA A HISTÓRIA E NOSSO TRABALHO!!!
VEJAM O VIDEO NOS CONHEÇA, ORE POR NÓS E POR NOSSA MISSÃO...

QUER NOS CONHECER???

ASSISNTAM O VIDEO!



e parabéns a nossa linda comunidade que está crescendo em tamanho e sabedoria!!!


VALE A PENA RELER DE NOVO!!!


Nossa Senhora Causa de Nossa Alegria

Nossa espiritualidade pascal está associada intimamente à Virgem Maria: acolhendo e dando-nos Jesus, Nossa Senhora deu-nos o Salvador e Resgatador. Em Jesus fundamenta-se nossa mais profunda alegria e júbilo e em Maria o exemplo de acolhida generosa do Senhor e o modelo de seguimento, tornando-nos cada dia mais discípulos e missionários do Mestre e Salvador.
A vitória pascal de Jesus Cristo foi também a vitória de sua Mãe. Sua vitória prefigura-se desde o instante em que o Pai pensou em uma Mãe para o Seu Amado Filho.
Nossa Senhora da Alegria é a “cheia de graça” (Lc 1,28), aquela que foi envolvida pelo próprio Espírito Santo e tornou-se assim seu templo e a Mãe do Salvador e a “bem-aventurada porque acreditou” (Lc 1,45). Pela fé e fundamentação bíblica nós acolhemos a Virgem Maria como nossa Mãe, obedecendo às palavras e vontade do Senhor Jesus que, no momento máximo do resgate, ofereceu-nos sua Mãe como nossa Mãe: “Filho, eis ai tua mãe” (Jo 19,27). Ao Senhor somos eternamente gratos por ter-nos dado tão precioso dom.
A confirmação da vocação da Virgem Maria deu-se em Pentecostes. O próprio Espírito Santo que a revestiu com sua Graça (Lc 1,35), em Pentecostes confirma sua eleição e unção (At 1,14). Por isso sua alma engrandecia e rejubilava-se no seu Senhor (Lc 1,46ss).
Nossa Senhora da Alegria, Mãe e Padroeira dos Filhos do Céu, alegrou-se pela visita do Anjo e a encarnação do Verbo; pela fecundidade missionária e pelo espírito de serviço do qual foi revestida; por ser a primeira a contemplar o seu Senhor; por apresentá-Lo para ser reconhecido e adorado pelas nações. Aquela que foi a escolhida para ser o templo do Altíssimo rejubilou ao vê-Lo na ‘casa do Pai’, no Templo. Porém entre tantas alegrias nada compara-se a exultação que Maria viveu pela ressurreição de seu Filho Jesus; neste momento suas esperanças realizam-se definitivamente e seu ‘sim’ era recompensado pela vitória de seu Amado Filho e Senhor. Por uma vida de júbilo, de fé, de solidariedade para com todos e de esperança a Virgem Maria foi coroada pelo próprio Deus na glória dos céus.
Maria, dando-nos Jesus, deu-nos através d’Ele o perdão e a vida eterna que tornou-nos filhos amados e herdeiros do Reino dos céus. À sua mediação somos profundamente gratos e a ela sempre recorremos.
Nossa Senhora da Alegria traz em si a mensagem da Boa-Nova e do Reino. Sua entrega sem reservas a Deus e à missão de seu Filho Jesus levou-a a trabalhar ardorosamente pelo resgate do mundo.
Sob a proteção de Nossa Senhora da Alegria colocamos nossa comunidade de Aliança e testemunhamos ao mundo que somos Filhos do Céu e filhos da Virgem Maria, Mãe de nosso resgatador Jesus Cristo.



pe.Alcindofdcc
(diretor espiritual da Comunidade Filhos do Céu)

domingo, 3 de outubro de 2010

Comemoração de 2 anos de Vida!!!



Ontem na cidade de Nova Odessa, comemoramos na Igreja Santa Josefina Bakhita mais um ano de existencia, claro iniciamos ontem uma grande festa que terminará na Terça - Feira com confraternização e Oração na Casa de Missão (apenas os membros internos)!
É motivo de festa pra todos nós por isso hoje o post é um especial de comemoração de 2 anos Aliançados no amor e no coração de DEus!!!!

Um pouco de nossa história!

Tudo nasceu, através de uma partilha, Ricardo nosso fundador em oração tomou a palavra de Deus nas mãos e sentiu a voz doce e clara do Senhor a dizer o seu desejo! Logo após começou a partilhar a palavra com aqueles que o Senhor colocará em seu coração para essa missão!
DEpois de muita partilha e oração decidimos fazer nossa primeira reunião para orarmos e ver o que o Senhor desejará de nós, tal reunião de oração aconteceu no dia 05/10/2008.
Estavam presentes os membros fundadores da Comunidade juntamente com o diretor espiritual Padre Alcindo, oramos, escutamos a Deus, sua voz foi clara ele nos pedia CONFIANÇA, CORAGEM , DE NÃO TER MEDO EM ASSUMIR A VONTADE DELE E OS SONHOS DELE PRA NÓS...Deus nos direcionou na sua palavra em Lc 17, 7 - 10, onde nos pede que sejamos apenas simples servos e em Lc 18, 15-17, para sermos como crianças, sem medo de correr o risco nos braços do Pai, lemos e relemos os texto, discutimos, oramos juntamente com o Padre (o mesmo nos fez algumas considerações) e caminhamos, rumo ao novo projeto que Deus tinha sonhado pra nós!!!!

Permanecemos nos reunindo e orando semanalmente por mais de um ano até que decidimos tomar a maior decisão de nossas vidas, A CONSAGRAÇÃO, ato acontecido em 25/10/2009.
Hoje Deus nos tem levado em suas mãos, claro em meio a tribulações e alegrias, temos juntamente com a comunidade local (e futura paróquia) Santa Josefina Bakhita nossa casa de missão onde visamos atender a comunidade de acordo com suas necessidades nas celebrações Eucaristicas, casamentos e etc... mas também a necessidade espiritual do povo, com atendimento de oração e apoio ao incentivo com aulas de violão, voz e etc...claro que isso acontece com o apoio de alguns voluntários e dos próprios missionários!

Hoje contamos com 13 membros, sendo 05 consagrados e 07 resgatados (nome dado aos novos membros) enfim...um breve cometário sobre essa comunidade que é linda aos olhos de Deus. Como diz nosso diretor espiritual, TEMOS UM LONGO CAMINHO A PERCORRER JUNTOS, e essa verdade faz parte de nossa essência como comunidade o CAMINHAR JUNTO... uma nova fase nos espera, um novo caminho trilhamos com as bençãos de Nossa Senhora da Alegria e de SAnta Josefina Bakhita nossos pilares e baluartes rumo ao centro da vontade de Deus!









Foi um momento muito importante e especial para todos nós consagrados e resgatados sem falar dos voluntários, que tiveram e tem um papael significativo para a comunidade! Logo acima como viram postei algumas fotos da celebração, para que todos nos conheçam mais...orem por nós!!!

E desde já agradecemos o carinho de toda a comunidade SANTA JOSEFINA BAKHITA - NOVA ODESSA - e a todos os simpatizantes e voluntários de nossa comunidade!!!

Deus abençõe a todos!!!!!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

FESTA DOS ARCANJOS




Em hebraico (mal’ak) e em grego (ánghelos), anjo significa “enviado”, “mensageiro”, ou seja, “missionário de Deus”. Sabemos – por ensinamento de Santo Tomás de Aquino, o “Doutor Angélico” – que os anjos se dividem em três hierarquias, cada uma composta por nove coros. A terceira hierarquia, composta pelos serafins, querubins e tronos, é a mais “privilegiada”, os anjos que a compõem vivem ao redor do trono de Deus, contemplando sua glória e cantando seus louvores. Pela luz que é comunicada a eles, vinda do trono de Deus, são instrumentos de aperfeiçoamento das demais hierarquias. Os anjos da segunda hierarquia povoam os espaços celestes (cf. Ef 6,12). Encontram-se entre o céu e a terra. Ajudam a melhor governar o mundo e combatem as hierarquias infernais. São, portanto, grandes defensores da humanidade. Essa hierarquia é composta pelas dominações, virtudes e potestades. A primeira hierarquia é composta pelos principados, arcanjos e anjos, que vivem na terra, ao lado dos homens. Os arcanjos são aqueles a quem Deus confia missões extraordinárias da fé e revelações de realidades acima da compreensão humana. Nesse coro encontram-se São Miguel, cujo nome significa “Quem como Deus?” (cf. Ap 12,10), São Rafael, “Deus cura” (cf. Tb 5,4) e São Gabriel, “Força de Deus” (cf. Lc 1,26), cujas festas eram celebradas a 29 de março, a 24 de outubro e a 24 de março respectivamente. Mas o novo calendário reuniu em uma só celebração a festa destes arcanjos, no dia 29 de setembro. Esta data foi escolhida por corresponder à da consagração a igreja dedicada a São Miguel, no século V, a seis milhas da via Salária. São Miguel São Miguel, antigo padroeiro da sinagoga, é agora padroeiro de toda a Igreja católica. Chefe dos arcanjos, é a figura angélica mais nobre das Sagradas Escrituras. Foi cultuado desde os primeiros séculos da história do cristianismo. É venerado por sua coragem no momento da queda dos anjos, em que Lúcifer seduziu um terço dos anjos do céu e, ao querer tomar o trono de Deus, veio Miguel, liderando os dois terços que permaneceram fiéis a Deus, e expulsou satanás e seus anjos decaídos (cf. Ap 12,7-9). Miguel protege o povo eleito (cf. Dn 10,13), combate contra satanás (cf. Ap 12,7ss), no juízo universal intervirá em favor do povo de Deus (cf. Dn 12,1-2). Célebre e muito antigos são os santuários a ele consagrados em Puglia (Itália, 491) e em Mont-Saint-Michel (França). Em Roma, foi-lhe dedicado o Mausoléu de Adriano, porque no século VI, enquanto Gregório Magno fazia uma procissão para esconjurar a peste, apareceu em cima do sepulcro do imperador romano Adriano o arcanjo Miguel com a espada levantada e a peste cessou, então o povo passou a chamar o referido Mausoléu de Castelo de Sant’Angelo (Santo Anjo). Depois, São Miguel auxiliou a alguns santos em sua missão. Citamos como exemplo Santa Joana d’Arc e São Geraldo Magela. Invoquemo-lo nas tentações e dificuldades, para que nos dê coragem de vencê-las e, nos sofrimentos, para que nos conforte. São Gabriel Sabe-se pouco sobre este arcanjo, mas sabe-se que Gabriel é anunciador por excelência das revelações divinas. É o anjo das belas e alegres notícias, como o nascimento de João Batista, o precursor, e depois o nascimento de Jesus. Também ele explica ao profeta Daniel como se dará a plena restauração, da volta do exílio ao advento do Messias. Ele tem um grande prestígio até mesmo entre os maometanos.
São Rafael
São Rafael é citado apenas em um livro da Bíblia. É o acompanhante do jovem Tobias, daí lhe vem a função de guia de todos os que viajam. Ele ainda sugeriu a Tobias o remédio para a cura da cegueira do pai, por isso é invocado como curador e protetor dos farmacêuticos. Também orientou a libertação do demônio que agia no matrimônio de Sara, por isso é invocado como protetor dos casais. Bibliografia consultada: Festa dos Anjos. Maná, ano 9, n. 41, set/94, pp.37-39, Fortaleza: Shalom. Menezes, Goretti Bezerra de. As criaturas invisíveis de Deus. Maná, ano 3, n. 6, set/1988, pp. 20-24, Fortaleza: Shalom. Paiva Filho, Alberto. As criaturas invisíveis de Deus. Maná, ano 4, n. 7, mar/1989, pp. 23-228, Fortaleza: Shalom. Sgarbossa, Mario e Giovannini, Luigi. Um santo para cada dia. 4 ed. São Paulo: Paulus, 1996.

CONFIRA UMA MÚSICA SOBRE SÃO MIGUEL ARCANJO INTERPRETADO PELO CANTOR RICARDO SÁ:


Qual é a hora?